EM E-MAIL, MULHER DE JOHN NESCHLING DÁ "BRONCA" EM FUNCIONÁRIO POR CAUSA DE CAMAROTE.



                 Patrícia Melo, mulher de John Neschling (Foto: Bruno Poletti/Folhapress)

   Alguns e-mails de Patrícia Melo, mulher de John Neschling, apareceram entre os documentos da investigação do escândalo de corrupção no Teatro Municipal. Em uma das mensagens, fica claro que a escritora fazia jus à fama de prima donna da casa. “Não faça mais isso sem nos consultar, ok?”, escreveu, passando um “pito” no cerimonialista Egberto Cunha porque seu camarote havia sido usado por desconhecidos. Ela também exige os nomes de quem ocupou a tribuna para apurar se eles tinham ligação com a primeira-dama Ana Estela Haddad.
   Neschling, no entanto, teve mais motivos para constrangimento. Na semana passada, um oficial de Justiça bateu à porta de seu apartamento com a autorização de uma condução coercitiva para que ele prestasse depoimento na CPI da Câmara sobre o caso, presidida pelo vereador Quito Formiga. O maestro foi por conta própria, mas decidiu ficar em silêncio durante toda a sessão, de três horas.


João Batista Júnior

Fonte: http://vejasp.abril.com.br/blogs/terraco-paulistano/

Comentários