XIII FESTIVAL DE ÓPERA DO THEATRO DA PAZ.

Vejam a programação completa do festival 2014.


Vai começar a temporada 2014 do Festival de Ópera do Theatro da Paz. A programação completa do XIII Festival de Ópera do Theatro da Paz você tem aqui em primeira mão. Já a bilheteria abre na quarta-feira, 23, e vai funcionar de segunda a sexta-feira, das 9 às 18h. Aos sábados, das 9 às 16h., e aos domingos, das 9 às 12h. Os preços variam de R$ 20,00 a R$ 60,00.
Este ano, um público de 11 mil pessoas é esperado para a programação do festival, que inicia em 5 de agosto e encerra em 27 de setembro. Pensados com antecedência de quase um ano, os espetáculos deste ano prometem boas surpresas e muita emoção ao público, com a apresentação das óperas “Mefistofele”, de Arrigo Boito, “Um Americano em Paris” e “Blue Monday”, de George Gershwin, e “Otello”, de Giuseppe Verdi.
Além de preços populares para estes espetáculos, o festival 2014 também tem programação gratuita, contando com um recital em homenagem aos 150 anos de nascimento de Richard Strauss e o concerto ao ar livre. Será realizada ainda uma Master Class, com a mezzo soprano Celine Imbert, cantora brasileira já consagrada, e workshops de direção, cenografia, iluminação e figurino, com as equipes de Mefistofele e Otello, direcionados a estudantes de artes cênicas, a partir de uma parceria do festival com a Escola de Teatro e dança da UFPA.
A bilheteria do TP já abre na quarta-feira, 23 de julho, mas serão vendidos primeiro os ingressos para “Mefistofele” e para “Blue Monday” e “Um Americano em Paris”. Para garantir um lugar em “Otello”, e para o recital lírico com Atalla Ayan, que será na Igreja de Santo Alexandre, o público vai ter que aguardar até setembro.

Dias 05, 07 e 09 de agosto, às 20h.Theatro da Paz

Ópera: Mefistofele
 (Arrigo Boito)Mefistofele, baseada em “Fausto”, de Goethe, não é encenada no país há mais de 50 anos. Caetano Vilela, o mesmo que dirigiu no ano passado “O Navio Fantasma”, de Wagner, assina este ano a direção da montagem. A montagem vem cheia de criatividade e emoção. O diretor paulista promete cenas fortes e momentos oníricos, enaltecidos com arte circense.
- Orquestra Sinfônica do Theatro da Paz
- Coral Lírico do XIII Festival de Ópera do Theatro da Paz
- Coral Infanto-Juvenil Vale Música
- Direção Musical e regência: Miguel Campos Neto
Concepção, encenação e Iluminação: Caetano Vilela
Regente do Coral Lírico: Vanildo Monteiro
Regente Coral Infanto-Juvenil: Elizety Rêgo
Cenografia: Chris Aizner
Figurino: Olintho Malaquias
Visagismo: Anderson Bueno
- Supervisão Artística: Gilberto Chaves e Mauro Wrona

Elenco
- Denis Sedov, Mefistofele
Maíra Lautert, Helena de Troia
Fernando Portari, Fausto
Adriane Queiroz, Margarida
Celine Imbert, Marta e Pantális
Alexsandro Brito, Nereu
Tiago Costa, Wagner
Carlos Vera Cruz, Ator

Dias 22 e 23 de agosto, às 20h. 
Theatro da Paz

Um Americano em Paris 
 (George Gershwin)
- Orquestra Jovem Vale Música
- Direção musical e regência: Maestro Miguel Campos Neto
- Direção e Coreografia Kika Sampaio
Assistente de Coreógrafa Bárbara Guerra
Figurino: Hélio Alvarez
Supervisão Artística: Gilberto Chaves e Mauro Wrona

Elenco
- Tutu Morasi, Americano
Bárbara Guerra, Bailarina solista
8 Bailarinos, Parisienses

Ópera: Blue Monday (George Gershwin)Blue Monday, apresentada pela primeira vez em 1927, nos EUA, é uma ópera curta, só de um ato, que se passa no Harlem, bairro nova-iorquino. Seguindo a linha de sua estreia mundial, que contou apenas com cantores negros, na montagem do Theatro da Paz, dirigida por Glau Gurgel, os cantores e atores são afrodescendentes.
- Direção cênica: Glaucivan Gurgel
Cenografia: Lília Chaves e Maria Sylvia Nunes
Figurino: Hélio Alvarez
Iluminação: Rubens Almeida
Visagismo: André Ramos
Coreografia: Ana Unger e Aline Dias
Figurino: Hélio Alvarez

Elenco:
- Jean William, Joe
Marly Montoni, Vi
David Marcondes, Tom
Andrey Mira, Sam
Raimundo Mira, Mike
Tiago Costa, Prólogo
Daniel Gonçalves, Sweetpea
Carlos Vera Cruz, Carteiro

Dia 04 de setembro, às 20h.
Igreja de Santo Alexandre

Recital 150 Anos de Richard Strauss
- Rosana Schiavi, soprano
- Adriana Azulay, piano

PROGRAMA
Richard Strauss
Rote Rosen (Karl Stieler)
- Zueignug (Vom Gilm)
- Morgen (Mackay)
- Allerseelen (Herrmann Vom Gil)_
- Städchen (Von Schack)
- Cäcilie (Heinrich Hart)
Joaquin Turina
Homenaje a Lope de Vega
- Cuando tan hermosa os miro…
- Si con mis deseos…
- Al val de Fuente Ovejuna.
Claude Debussy
Romance (Paul Bourget)
- Nuit d`etoiles
- Il dort encore ( Banville)
- Clair De lune
- Apparition

Dia 24 de agosto, às 20h.
Theatro da Paz
Recital:  Árias e Canções
Atalla Ayan, tenor
Marília Caputo, piano

Dia 07 de setembro, às 20h.
Igreja de Santo Alexandre
Atalla Ayan, tenor
Adriana Azulay, piano

Dias 20, 22 e 24 de setembro, às 20h.
Theatro da Paz

Ópera: Otello (Giuseppe Verdi)
Baseada no drama homônimo de Shakespeare, une o festival às celebrações que estão acontecendo no mundo inteiro pelos 450 anos de nascimento do bardo inglês. A direção é de Mauro Wrona, que já dirigiu no festival “Salomé”, em 2012, e “O Trovador”, em 2013.
- Orquestra Sinfônica do Theatro da Paz
- Coral Lírico do XIII Festival de Ópera do Theatro da Paz
- Coral Infanto-Juvenil Vale Música
- Direção musical e regência: Sílvio Viegas
Direção cênica: Mauro Wrona
Regente do Coro: Vanildo Monteiro
Regente Coral Infanto-Juvenil: Elizety Rêgo
Cenografia: Duda Arruk
Iluminação: Wagner Antonio
Figurino: Fábio Namatame
Visagismo: André Ramos
Supervisão artística: Gilberto Chaves

Elenco
- Walter Fraccaro, Otello
Gabriella Rossi, Desdêmona
Ana Victória Pitts, Emilia
Antônio Wilson, Cássio
Andrew Lima, Roderigo
Rodrigo Esteves, Yago
Andrey Mira, Montano
Sávio Sperandio, Lodovico
Jefferson Luz, Arauto

Dia 27 de setembro, às 20h.
Frente ao Theatro da Paz

Concerto de Encerramento
- Orquestra Sinfônica do Theatro da Paz
- Coral Lírico do XIII Festival de Ópera do Theatro da Paz
- Regência: Miguel Campos Neto

PROGRAMA
 Arrigo Boito (1842-1918)
Mefistofele: Prólogo (final)*
Giuseppe Verdi (1813-1901)
Il Trovatore: Stride la vampa
Aliane Sousamezzo soprano
Giuseppe Verdi (1813-1901)
Rigoletto: Scorrendo uniti in remota via*
Tiago Costa, tenor
Saint-Saens (1835-1921)
Samson et Dalila: Mon coeur s’ouvre a ta voix
Ana Victoria Pitts, mezzo soprano
Gaetano Donizetti (1797-1848)
Lucia di Lammermoor: Chi mi frena in tal momento?
Dhulyan Contente, soprano
- Elizabeth Mello, soprano
- Antônio Wilson Azevedo, tenor
- Tiago Costa, tenor
- Idaías Souto Júnior, barítono
- Sávio Sperandio, baixo
Georges Bizet (1838-1875)
Carmen: Seguidille
Gabriella Florenzano, mezzo soprano
Gioachino Rossini (1792-1868)
Il Barbiere di Siviglia: Largo al factotum
Rodrigo Esteves, barítono
Giuseppe Verdi (1813-1901)
Nabucco: Oh, chi piange? *
Sávio Sperandio, baixo
Gaetano Donizetti (1797-1848)
La Fille du Régiment: Ah! Mes amis quel jour de fête!*
Antônio Wilson Azevedo, tenor
Giuseppe Verdi (1813-1901)
I Vespri Siciliani: Mercè, dilette amiche
Ione Carvalho, soprano
Pablo Luna (1879-1842)
El Niño Judio: De España vengo
Gabriella Rossi, soprano
Giuseppe Verdi (1813-1901)
Rigoletto: Bella figlia dell’amore
Tiago Costa, tenor
- Juliane Lins, soprano
- Ana Victoria Pitts, mezzo-soprano
- Idaías Souto Júnior, barítono
Arrigo Boito (1842-1918)
Mefistofele: Epílogo (final)*
Sávio Sperandio, baixo
* Participação do Coro do Festival.

Comentários