REVISTA CONCERTO OU PRAVDA SOVIÉTICO ? ARTIGO DE ALI HASSAN AYACHE NO BLOG DE ÓPERA E BALLET.



   Cada vez que leio uma  matéria ou crítica publicada no site ou na Revista Concerto me convenço que ela se parece com o jornal Pravda soviético (o principal jornal da União Soviética e um órgão oficial do Comitê Central do Partido Comunista da União Soviética entre 1918 e 1991). A Revista Concerto nunca faz nenhuma crítica à direção do Theatro Municipal de São Paulo ou a Orquestra Sinfônica do Estado de São Paulo. Tudo que os senhores diretores dessas instituições fazem segundo a revista parece ser a perfeição divina. Será que não existe nada criticável em relação à administração deles que possa ser citado ?
   Fatos são fatos e vamos a eles. Leonardo Martinelli até tempos atrás crítico da Revista Concerto foi nomeado para o pomposo cargo de diretor de formação da Escola de Municipal de Música do Theatro Municipal de São Paulo. Irineu Franco Perpétuo pertencente também ao escrete da revista faz as palestras sobre as óperas e escreve nos programas vendidos ao público. Conseguiu a proeza de escrever programas e fazer a crítica da própria ópera. Bate o pênalti e defende o gol.
   Você conhece a Sala São Paulo? Se conhece deve ter reparado que tem uma  loja legal que vende livros, CDs e DVDs em um anexo. Adivinha quem administra o local? Nelson Rubens Kunzle o dono da Revista Concerto. Só lembrando que a OSESP e o Theatro Municipal de São Paulo são anunciantes adivinha de qual revista?
   Dito isso fica claro o porquê de ninguém na revista criticar a programação, demissões, contratações ou qualquer coisa. Qual foi a atitude da revista sobre a demissão do maestro Jamil Maluf da Orquestra Experimental de Repertório pertencente ao Theatro Municipal de São Paulo? Palavras vazias e sem nexo. Quem leva umas cacetadas de leve são personagens que estão de passagem, uma das vítimas foi a diretora da ópera Salome, Livia Sabag. Em crítica da ópera em questão Nelson Rubens Kunzle não gostou da Dança do Sete Véus elaborada pela moça e descascou a lenha nela. Quanto a administração de John Neschling e de Arthur Nestrovski só elogios. Espere tudo dos artigos e críticas publicados na revista, menos isenção. 
   Todo ano a Revista Concerto lança Prêmio Concerto -Destaques da Temporada. Este mais parece uma ação entre amigo já que sempre seus anunciantes saem vencedores. Revista Concerto é a digna representante da imprensa chapa branca no Brasil. Esse é o prêmio que ela merece e isto que ela representa no mundo lírico. 
Ali Hassan Ayache  

Imagem , foto Internet

Comentários

Postar um comentário