SEIS MOTIVOS PARA ASSINAR A TEMPORADA 2015 DO THEATRO MUNICIPAL DE SÃO PAULO.



1. Mais óperas
2015 será o terceiro ano de assinaturas da nossa Temporada Lírica. No primeiro ano de assinaturas, o Theatro Municipal ofereceu ao público cinco produções líricas; em 2014, foram seis óperas. Em 2015, serão sete títulos.

2. Blockbusters

A programação traz títulos célebres do repertório operístico, como Otello de Verdi, Lohengrin de Wagner, Così fan Tutte de Mozart e Manon Lescaut, de Puccini.

3. Oportunidade de assistir à títulos raramente apresentados 

…mas a temporada do próximo ano também conta com títulos pouco apresentados no repertório das casas de ópera: Ainadamar, de Osvaldo Golijov; Um Homem Só, de Camargo Guarnieri; Eugene Onegin, de Tchaikovsky; Thaïs, de Jules Massenet.

4. Sem filas

Ao assinar a Temporada Lírica, você tem seus lugares reservados para todas as récitas, sem enfrentar as filas na bilheteria, garante os ingressos para as óperas nas datas escolhidas e recebe em casa os bilhetes.

5. Os artistas da próxima temporada!

Entre vários destaques, teremos,  para citar apenas três nomes: Gregory Kunde (tenor) em Otello; Nino Machaidze (soprano) em Thaïs e Marcello Giordani (tenor) em Manon Lescaut. Outro destaque é o mozartiano Rinaldo Alessandrini, que volta ao Palco de São Paulo para reger Così fan Tutte.
6. O Theatro Municipal cada vez mais celebrado como O Palco de São Paulo
Nos últimos anos as montagens líricas do Theatro Municipal têm sido aclamadas pela crítica especializada e pelo público. Alguns trechos do que foi falado sobre as produções operísticas do Palco de São Paulo:
O Theatro Municipal de São Paulo se tornou recentemente um dos mais vivazes teatros da cena mundial, que atrai artistas dentre os mais aclamados da cena internacional.
Gianluca Floris – cantor e escritor italiano
Público esgota ingressos para as récitas de Carmen no Municipal (…) Os 13,5 mil ingressos para as nove récitas foram todos previamente vendidos, algo excepcional na história do teatro paulistano.
João Batista Natali – Folha de S.Paulo
O Municipal de São Paulo apresentou montagens de excelente nível técnico e musical (…) Foi o primeiro ano de uma nova gestão, capitaneada por Neschling e José Luiz Herencia .
João Luiz Sampaio – O Estado de S.Paulo
Parecia que os velhos tempos tinham voltado, tempos das grandes vozes, das vozes miraculosas guardadas nos discos. (…) Orquestra excelente, soando com inteligência sob a batuta de John Neschling, coros formidáveis. (…) Se a qualidade dos espetáculos continuar assim, em 2014 o Municipal de São Paulo entrará para a lista dos grandes teatros de ópera.
Jorge Coli – Revista Concerto
Carmen será um sucesso até sua última récita, pois a atual produção paulistana é a melhor montagem desta ópera, nas últimas duas décadas pelo menos, no chamado eixo Rio-São Paulo.
Leonardo Marques – Movimento.com
(…) as montagens do Theatro Municipal de São Paulo estabelecem uma nova dimensão de produção lírica no Brasil. Os grandes títulos se sucedem, eventualmente com outros maestros ou diretores, mas todos garantem um alto nível de qualidade, demonstrando a clara intenção de alcançar resultados que possam ser referenciados em patamares de primeiro mundo.Texto de Nelson Rubens Kunze sobre a ópera Tosca, de Puccini, em cartaz até 13/12 no Palco de São Paulo.
…tanto a Sinfônica Municipal quanto o Coro Lírico (…) deram provas mais uma vez da consistência com que têm crescido ao longo das últimas óperas, gerando expectativas para a próxima temporada.João Luiz Sampaio em crítica sobre a ópera Tosca – O Estado de S.Paulo
As assinaturas para a Temporada Lírica 2015 podem ser adquiridas na Bilheteria do Theatro Municipal ou pelo site da Compre Ingressos.

Fonte: http://theatromunicipal.org.br/2014/12/10/seis-motivos-para-assinar-a-temporada-2015-do-theatro-municipal/
Foto: Theatro Municipal de São Paulo, foto Internet

Comentários