MELHORES E PIORES DE 2014 PELO BLOG DE ÓPERA E BALLET : PIOR CENÁRIO, TOSCA NO TMSP.

   
   O Blog de Ópera e Ballet inicia a série Melhores e Piores de 2014, informa que votaram personalidades que frequentam o mundo lírico pelo Brasil afora. 
   No quesito Pior cenário a ópera Tosca apresentada no Theatro Municipal de São Paulo em Novembro e Dezembro de 2014 quase conseguiu uma unanimidade, somente um votante não a elegeu como pior cenário. A transposição para os anos 70 do século XX não convenceu ninguém e o segundo ato deixou os amantes de Puccini raivosos com as bobagens inventadas pelo cenógrafo Italo Grassi. No Brasil o público é tolerante e aplaude praticamente tudo, essa ópera conseguiu a proeza de ser vaiada ao final da apresentação, sinal que essa montagem não agradou. O povo expressou sua opinião com apupos.
    Abaixo segue trecho da crítica da ópera Tosca publicada no Blog de Ópera e Ballet de minha autoria:

    "O primeiro ato representa uma catedral moderna em concreto com duas estátuas fantasmas ou sei lá o que é aquilo no centro. Parece uma assombração, cruz credo! Os atores se movimentam com dinâmica e conseguem dar sustentação ao enredo. O segundo ato utiliza dois níveis ao fundo do palco, no primeiro ficam os torturadores, cena escura demais e quase invisível, aconselho o público a levar óculos para visão noturna. Na parte de cima se passa a ação, quando se abre a porta para ouvir o canto de Tosca uma luz florescente está bem de frente para a plateia ofuscando a visão, recomendo que o público leve um óculos escuros. Colocar a ação no alto e no fundo acabou com a acústica e as vozes foram prejudicadas. O terceiro ato mostrou uma limpeza cênica com exceção de um monumento artístico com anjos. Bonito pra caramba e inútil em um local recheado de milicos fuzilando condenados e heroínas se atirando das alturas." 

Fotos : Capa do Programa Tosca-TMSP e Cena da ópera Tosca, fotos Internet.

Comentários

  1. Marcelo Lopes Pereira19 de fevereiro de 2015 19:19

    Vale ressaltar que estive na estreia e que as referidas vaias foram direcionadas especificamente aos cenários e figurinos... Os cantores e orquestra foram estrondosamente aplaudidos. E também foi apenas uma parte da plateia que vaiou.

    ResponderExcluir

Postar um comentário