MELHORES E PIORES DE 2014 PELO BLOG DE ÓPERA E BALLET: MELHOR ESPETÁCULO DE ÓPERA, SALOME NO THEATRO MUNICIPAL DE SÃO PAULO.

   

Conjunção rara de beleza de cenários, musicalidade equilibrada e solistas com vozes perfeitas, assim foi a ópera Salome de Richard Strauss apresentada no Theatro Municipal de São Paulo. Merecedora desse prêmio por fazer ópera clássica e ao mesmo tempo moderna com qualidade superlativa em diversos quesitos . Abaixo segue trecho da crítica publicada nesse blog:

  "Os cenários de Nicolás Boni e os figurinos de Veridiana Piovezan são de rara beleza e contribuem para a evolução da direção cênica. Até a Dança dos Sete Véus a direção não apresenta nada de inovador, a audácia da diretora aparece na peça mais famosa da ópera. O palco se abre, aparecem sete mulheres dançando com rostos cobertos por véus em primeiro plano e no segundo plano sete mulheres se banham em uma piscina que lembra um banho turco em uma explosão de sensualidade. No segundo momento sete bailarinos dançam em um nível superior do palco. Coitado do rei Herodes, fica confuso e desnorteado tentando encontrar a Salomeem meio a beldades. Inovação sensual em uma cena que todas as demais versões dessa ópera fazem a protagonista somente dançar. A coreografia de André Mesquita é simples e direta sem cambalhotas e frescuras características das demais coreografias da casa."
Ali Hassan Ayache

Salome em cena, foto Internet.

Comentários