LAMBANÇA NO FESTIVAL AMAZONAS DE ÓPERA. ARTIGO DE ALI HASSAN AYACHE NO BLOG DE ÓPERA E BALLET.

   
   No dia 04 publiquei nesse blog que o Festival Amazonas de Ópera não ocorreria no ano de 2015. Os burocratas do governo amazonense pensam em transformá-lo em um festival bienal. Demorou mais de um mês para que o site da Revista Concerto descobrisse e publicasse a notícia, atrasados como sempre, se lessem o Blog de Ópera & Ballet estariam sempre bem informados e atualizados. 
   O Secretario da Cultura do Estado do Amazonas Robério Braga nega a informação, embora não informe nada em sua nota. Utiliza o velho clichê do polítiquês em termos como reorganização, ajustes e reforma adminsitrativa conforme publicação da Revista Concerto .
   O que impera no momento é a incerteza, alguns falam que o Festival poderá ter ser programação diluída ao longo do ano, fato que na prática acabaria com ele. Enquanto isso o diretor artístico do evento Luis Fernando Malheiro não toca no assunto.
   O fim ou não do Festival Amazonas de Ópera ou sua transformação em um novo formato mostra mais uma vez um velho vício da politicagem nacional. Entra um novo governo e a incerteza prevalece, projetos são cancelados por apenas pertencerem a gestão anterior. Vejo como missão impossível realizá-lo esse ano, já que ópera necessita de planejamento. Perde a ópera, perde o Estado do Amazonas e principalmente perde a cultura do Norte. Abaixo segue a nota publicada no blog no dia 04 de Março:   

"FESTIVAL AMAZONAS DE ÓPERA : Informações chegadas de Manaus informam que o Festival Amazonas de Ópera não ocorrerá esse ano. O governo estadual amazonense, para reduzir despesas, resolveu transformar o festival e diversos outros eventos culturais em bienal. Palavras bonitas e sem nexo dizem que a ideia do governador é reduzir as despesas do Estado com produções externas, valorizar artistas e companhias locais e tornar o setor cultural do Amazonas mais popular. "


Ali Hassan Ayache

Comentários