LEE MILLS SUBSTITUI MAESTRO LEONIF GRIN.

Regente ucraniano teve problemas de saúde no voo para o Brasil e não regerá concerto com Orquestra Sinfônica Brasileira.


Em nota oficial divulgada hoje (4/5), a Fundação OSB informa que, por orientação médica, o maestro Leonid Grin está impedido de reger o concerto da Orquestra Sinfônica Brasileira no sábado, 9 de maio, na Cidade das Artes. Grin se encontrava no voo que o traria ao Rio de Janeiro quando foi acometido por um súbito e grave problema de saúde. Em escala na cidade de Houston (EUA), o maestro comunicou a impossibilidade de prosseguir, solicitando à Fundação OSB que transmitisse aos músicos e ao público seu pesar por não poder se apresentar com a orquestra neste momento e a expectativa em realizar sua estreia no Brasil em breve.
O espetáculo, que está agendado para as 20h do dia 9 de maio, segue confirmado e contará com a regência de Lee Mills (foto), maestro assistente da OSB, apresentando as peças originalmente programadas: a Sinfonia Sacra, de Andrezj Panufnik,; a Suíte Tcheca, de Antonín Dvorák; e a Sinfonia n. 5, de Alexander Glazunov. Provenientes da Polônia, da República Tcheca e da Rússia, respectivamente, as obras compõem um retrato da rica tradição musical do Leste Europeu (saiba mais aqui).
A nota finaliza: “A Orquestra Sinfônica Brasileira agradece a compreensão e aguarda a presença de seu público na Grande Sala da Cidade das Artes!”
Foto: André Telles
Fonte: http://www.movimento.com/

Comentários