MELHORES E PIORES DE 2015 PELO BLOG DE ÓPERA E BALLET: MELHOR CANTORA SOLISTA, CAMILA TITINGER.


A jovem e bela soprano merece esse prêmio pela excelente interpretação vocal e cênica na ópera "Os Pescadores de Pérolas" de Bizet apresentada no Festival de Ópera do Theatro da Paz em Belém do Para. Cantora em ascensão que a cada ano surpreende pela riqueza do timbre e pela dedicação cênica. Abaixo seguem críticas publicada nesse blog sobre o soprano Camila Titinger: 

  "A ousadia é sempre bem vinda e permeia a direção do festival, ano passado o diretor Mauro Wrona arriscou e inovou ao escalar a novata Gabriela Rossi para o papel de Desdemona da ópera "Otelo" de Verdi. Esse ano não foi diferente chamou a jovem Camila Titinger para o papel de Leila. A moda nos espetáculos operísticos é que o cantor tenha semelhança física do personagem e Camila Titinger é a encarnação viva da personagem Leila. A bela jovem não se intimidou em cantar ao lado de dois veteranos, soltou a voz em agudos brilhantes e líricos. Sua voz tem uma beleza que contrasta com expressividade marcante. Sofreu ao encarar as complexas coloraturas, a jovialidade do timbre e a marcante presença cênica compensaram essa falha."
Ali Hassan Ayache

"O soprano lírico Camila Titinger, paulista de apenas 25 anos de idade, deu a sua grande ária no Ato II "Comme autrefois dans la nuit sombre",  linda interpretação, e nos demais momentos, como no dueto entre Nadir e Leilá..."Ton coeur n'a pas cumpris" do mesmo ato,  e com Zurga no forte dueto  (Ato III) a mais reveladora prova de uma belíssima estreia na cena lírica nacional.'
Marco Antônio Seta

Camila Titinger, foto Internet

Comentários