MISTÉRIOS DO THEATRO MUNICIPAL DE SÃO PAULO: PROJETO ALMA BRASILEIRA.

 


Sabemos que o Theatro Municipal de São Paulo é um teatro de ópera, sua essência está ligada à ela e tudo deve girar em torno da mesma. Quando contratado como diretor artístico John Neschling sabia disso, parece ter esquecido ou o mesmo imagina que se encontra na OSESP. Em tempos de pouco dinheiro Joninho resolve fazer concertos com o grupo catalão Fura del Baus pagando uma fortuna pelo mesmo. Informações vindas do site do estadão contam que a primeira parcela foi paga três meses antes do contrato ser assinado. 
Conte para nós Joninho, já que a ideia era homenagear Villa-Lobos por que não refazer a ópera "Madalena" cujos cenários foram doados pela prefeitura de Paris à prefeitura de São Paulo e estão guardados mofando no depósito do teatro? Explique para os leitores desse blog por que parcelas são pagas três meses antes da assinatura do contratos? Como sempre você não responderá, é um direito que você tem, só que nessa questão existe um negócio chato chamado Ministério Público Estadual, lá a coisa complica e a Câmara de Vereadores já discute a abertura de uma CPI do Teatro Municipal. Quer um conselho de amigo John, volte para a Suíça e curta a paisagem desse belo lago, quem sabe te faço uma visita um dia. 
Ali Hassan Ayache




   Fonte:  http://sao-paulo.estadao.com.br/noticias/geral,camara-discute-abertura-de-cpi-do-teatro-municipal,10000024810
Fonte foto : Facebook de John Neschling