OCA CULTURAL APRESENTA SOLISTAS DE PESO E GASTRONOMIA REFINADA. CRÍTICA DE ALI HASSAN AYACHE NO BLOG DE ÓPERA & BALLET.



   O inesperado nos pega de surpresa, muitas vezes nos deparamos com coisas que sequer imaginamos que possam existir. O projeto Oca Cultural Comida+Música é umas dessas gratas surpresas que torcemos para dar certo. O projeto tem jantar com gastronomia  refinada somado a música com solistas renomados. 
  Dois músicos com excelência em suas áreas e carreiras se apresentaram em um programa adaptado para Flauta e Marimba. Cássia Carrascoza é primeira flauta da Orquestra Sinfônica Municipal de São Paulo e Ricardo Bologna é primeiro timpanista da OSESP.
   O programa é intimista, os solistas conversam e contam suas experiências com cada partitura e detalham um histórica das mesmas. Astor Piazzola, Bach, Cyro Pereira, John Cage, Mané Silveira e Steve Reich foram os compositores contemplados da noite. Não é por acaso que os dois músicos são referências em seus instrumentos, tocaram com excelência técnica em interpretações pessoais de cada música. Nem a acústica inadequada da sala conseguiu tirar o brilho e o talento dos solistas. Uma apresentação única.
   Regado a tudo isso um excelente jantar servido entre uma apresentação e outra criado pela chef residente da Oca Tupiniquim Raphaela Homem de Melo. A união de três fatores fazem a torcida para que esse projeto dê certo: Oca Cultural, um lugar fabuloso em sua arquitetura e decoração, música com solistas nacionais renomados e pratos servidos com requinte. Simplesmente Perfeito!
Ali Hassan Ayache

Oca Tupiniquim, foto Internet.

Comentários