ORQUESTRA SINFÔNICA DE PIRACICABA NA SALA SÃO PAULO. CRÍTICA DE DOMINGOS D'ARSIE NO BLOG DE ÓPERA & BALLET.



A Orquestra Sinfônica de Piracicaba, regida pelo Maestro Jamil Maluf, apresentou no dia 18/12 na Sala São Paulo um surpreendente Concerto com "As Cinco Canções Místicas" de Ralph Vaughan Williams e a bela "Sinfonia em Sol Menor" de Alberto Nepomuceno. 
A interpretação do Barítono Leonardo Neiva foi uma maravilha à parte nas Canções. Uma voz poderosa, afinada e melodiosa proporcionou momentos de intenso prazer musical. 
A Sinfonia de Nepomuceno, um compositor injustamente pouco tocado por aqui, é de uma beleza única. O Maestro extraiu, com rara competência, toda a força expressiva da partitura. Brahms e Tchaikovsky de alguma forma brotaram entre as colcheias recheadas de brilhantismo.
Descobri também, bastante surpreso, que o que escrevo por aqui repercute na panelinha que não admite críticas, da OSESP!
Vou solicitar então, aos cavalheiros do clubinho fechado, que não cometam novamente a indelicadeza e deselegância de me abordarem na Sala para discussões paralelas. Sejam mais educados.
Todos tem o direito de discordar e criticar o que penso e escrevo, mas, por favor façam-no no Facebook, que é o meio que utilizo para externar minhas opiniões.
Na Sala eu vou para ouvir Música.

Domingos D'Arsie

Comentários