PRELÚDIO 21 ENCERRA TEMPORADA 2016 COM QUARTETO RADAMÉS GNATTALI.



Prelúdio 21 encerra a temporada 2016 com concerto gratuito do Quarteto Radamés Gnattali, sábado, dia 10, no CCJF


A Série de concertos PRELÚDIO 21 – MÚSICA DO PRESENTE chega ao seu último concerto de 2016 trazendo uma surpresa mais do que especial, encerrando a temporada de concertos gratuitos com primor. No sábado, dia 10 de dezembro, às 15h, o grupo carioca de compositores vai convidar o Quarteto Radamés Gnattali para subir ao palco do teatro do Centro Cultural Justiça Federal, no Centro, e interpretar suas obras para quartetos de cordas. No programa, as composições de Sergio Roberto de Oliveira  (“Quarteto Brasileiro n°1”) , Alexandre Schubert (“Elegia”), Caio Senna (“Força e Luz”), José Orlando Alves  (Variações "Radamés”), Marcos Lucas (“Relógios e Nuvens”) e Neder Nassaro – (“Atmosfera”).
Formado por Carla Rincón (1º violino), Andreia Carizzi (2º violino), Marco Catto (viola) e Hugo Pilger (violoncelo), o Quarteto Radamés Gnattali foi vencedor dos prêmios Rumos Itaú 2007 e XIII Prêmio Carlos Gomes como melhor conjunto de câmara do Brasil em 2009. Em 2012, o quarteto foi indicado ao Grammy Latino, inclusive, com o CD interpretando obras do grupo Prelúdio 21.  Foi vencedor do Prêmio da Música Brasileira 2013 e Prêmio de Cultura do Governo do Rio de Janeiro 2012-2013. Comemorando os 10 anos de existência do grupo e os 110 anos de nascimento de Radamés Gnattali, o quarteto lançou neste ano, em 2016, o CD “Radamés toca Radamés” (2016), com a obra integral de Gnattali para quarteto de cordas.
Com o repertório basicamente dedicado à música brasileira, se apresentam regularmente em festivais tais como Mostra Internacional de Música de Olinda (MIMO), Festival Villa-Lobos, Festival Internacional de Campos de Jordão, Bienal de Música Contemporânea da Funarte, dentre outros, além de turnês pela Europa, África, América do Sul e do Norte. No âmbito educacional, o Quarteto Radamés Gnattali gravou 13 programas para a televisão dedicados aos quartetos de Heitor Villa-Lobos e pelo sexto ano consecutivo, realiza o projeto Brasil de Tuhu, levando a música desse compositor brasileiro às crianças de escolas públicas do Brasil. 

Prelúdio 21
Sete compositores se reuniram em 1998 com o intuito de divulgar sua música e a música erudita contemporânea em geral, através da organização de recitais e de palestras abertas ao público com compositores brasileiros e estrangeiros para apresentarem seus trabalhos, visando o intercâmbio de experiências. De lá pra cá, o grupo amadureceu e se estabeleceu como um dos mais importantes grupos de música contemporânea do país, virando referência internacional. Desde 2008, o Prelúdio 21 realiza sua série de concertos no Teatro do Centro Cultural Justiça Federal, com uma média de público de 70 pessoas por concerto, com um total de mais de 600 espectadores por temporada. A série se estabeleceu como a mais importante da música contemporânea brasileira. Neste ano, a série terá ainda outros oito concertos, sempre no último sábado de cada mês, às 15h, até novembro. Em dezembro, o concerto de encerramento será no segundo sábado do mês, dia 10.
A série se destaca como a única permanente de música contemporânea na cidade do rio de janeiro, e vem sendo considerada uma das mais importantes do Brasil. O grupo já foi objeto de artigo na revista científica “Hodie” (“Grupo Prelúdio 21 – Uma Perspectiva” vol 11, no. 1) que comenta alguns aspectos da série que acontece há 9 anos ininterruptos no Centro Cultural Justiça Federal. Em 2012, o grupo foi indicado ao Grammy Latino com o seu CD “Prelúdio 21 – Quartetos de Cordas”, na categoria “Melhor Álbum de Música Clássica”.
O grupo segue sua trajetória com importantes resultados já apresentados como temporadas com mais de 1000 espectadores e concertos em espaços como o Theatro Municipal do Rio de Janeiro, a Sala Cecília Meireles e Oi futuro, além da já consagrada série no Centro Cultural Justiça Federal. 
SERVIÇO:
10 de dezembro, sábado  - Prelúdio 21 convida Quarteto Radamés Gnattali
Horário: 15h
Centro Cultural Justiça Federal – Teatro
Av. Rio Branco, 241 – Centro
Tel. (21) 3261-2550
Entrada Franca – Distribuição de senhas meia-hora antes
Classificação Livre

Programa:

Variações "Radamés" (peça inédita) - JOsé Orlando Alves
Atmosfera - Neder Nassaro
Elegia - Alexandre Schubert
Relógios e Nuvens - Marcos Lucas
Quarteto Brasileiro n°1 - Sergio Roberto de Oliveira
Força e Luz - Caio Senna

Comentários