PRÍNCIPE IGOR, OBRA PRIMA DE BORODIN. ARTIGO DE ALI HASSAN AYACHE NO BLOG DE ÓPERA & BALLET.

   "Príncipe Igor", obra prima de Alexander Borodin é cercada de polêmicas e tentações. A morte prematura do compositor a deixou inacabada, foi terminada por Rimsky-Korsakov e Glasunov. As "Danças Polovetsianas" são o destaque principal de ópera que ocorrem no segundo ato ( a versão apresentada no Covent Garden de Londres inverte os atos, colocando o terceiro a frente do segundo). Sua melodia adocicada prima pelo contraste entre a leveza do tema feminino como a canção das "Donzelas Cativas" e a agressividade do tema masculino expresso na canção do "Guerreiros Polovetsianos". 
  Este trecho é apresentado isolado em forma de concerto ou como balé por diversos teatros do mundo. Destaco a versão intrigante do Kirov Ballet. 
   O libreto não é dos mais animados, enredo de novela das seis horas. Conta que o Príncipe Igor e seu filho Vladimir lideram um ataque aos Polovetsianos no século XII, perdem feio e são feitos prisioneiros. São tratados como nobres com luxos e belas mulheres a sua volta e assistem boquiabertos as "Danças Polovetsianas". Igor arma uma confusão e consegue fugir e volta a sua cidade enquanto o filhão se apaixona pela filha bonitona do líder polovestsiano não retorna com ele.
Ali Hassan Ayache 

Vídeos comerciais de Príncipe Igor:










Comentários