ORQUESTRA SINFÔNICA ESTATAL DE ISTAMBUL ESTREIA NO BRASIL PELO MOZARTEUM BRASILEIRO.




·         O premiado violinista russo Vadim Repin é o convidado especial do grupo, regido pelo maestro Milan Turkovic

·         Os concertos acontecerão nos dias 20 e 21 de junho, na Sala São Paulo


São Paulo, junho de 2017 – A Orquestra Sinfônica Estatal de Istambul apresenta-se na Sala São Paulo nos dias 20 e 21 de junho, uma das grandes atrações da série de concertos do Mozarteum Brasileiro em 2017. A regência será do prestigiado maestro Milan Turkovic, com acompanhamento do prodigioso violinista russo Vadim Repin. Em sua estreia no Brasil, a orquestra terá uma formação de 67 integrantes e apresentará programas que contemplam compositores românticos e contemporâneos, como Antonín Dvorak, Nevit Kodalli, Jean Sibelius e Max Bruch.
Com 190 anos, o grupo de Istambul foi criado ainda durante o Império Otomano pelo italiano Giuseppe Donizetti. Com uma longa e marcante história, a Sinfônica de Istambul caracteriza-se por ter um repertório diversificado. Em suas apresentações, costuma mesclar músicas tradicionais turcas com peças de grandes compositores. Conhecido pela inovação, o grupo é um dos grandes destaques da vida cultural da maior cidade da Turquia.
O reconhecimento do maestro austro-croata Milan Turkovic começou quando ainda era um dos raros e bem-sucedidos solistas de fagote. Há 20 anos dedicando-se à regência, Turkovic já conduziu formações de prestígio internacional, como a Orquestra da Rádio de Munique e a Filarmônica de Praga em grandes metrópoles do mundo, incluindo Nova York, Tóquio, Londres e Berlim. No Japão, regeu a Orquestra Sinfônica Metropolitana de Tóquio e a Filarmônica de Nagoy e foi considerado pela revista japonesa Ongaku um dos 20 regentes mais interessantes do cenário musical de Tóquio, onde atua regularmente como regente titular do Festival Japonês Kusatsu.
Outro grande destaque da noite é o russo Vadim Repin, que acompanhará a Orquestra com seu violino Stradivarius “Rode” de 1733. Sobre ele, declarou o célebre violinista Yehudi Menuhin: “... é simplesmente o melhor e mais perfeito violinista que eu já tive a oportunidade de ouvir..."Nascido em 1971 na Sibéria, Repin começou sua carreira aos 14 anos de idade, mas desde os 11 já dava recitais em Moscou e São Petersburgo. Conquistou diversos prêmios, como o Concurso Rainha Elisabeth (Bélgica – 1988), Prêmio BBC de Música (Reino Unido – 2011) e o Victoire d’Honneur (2010), prêmio musical mais prestigioso da França, pela vida dedicada à música.
Repin já tocou com todas as principais orquestras mundiais e aclamados regentes. Entre os acontecimentos marcantes de sua trajetória há a estreia do Concerto para Violino composto especialmente para ele por James MacMillan, que teve aclamadas apresentações no Carnegie Hall em Nova York, na Filadélfia, na Salle Pleyel de Paris, na Concertgebouw de Amsterdã, culminando com o BBC Proms no Royal Albert Hall de Londres, com ingressos esgotados.

Ingressos
Mozarteum Brasileiro tel. (11) 3815-6377 www.mozarteum.org.br e Ingresso Rápido www.ingressorapido.com.br e (11) 4003.1212 (ambos sem taxa de conveniência), e na bilheteria da Sala São Paulo.

Serviço:
Orquestra Sinfônica Estatal de Istambul
20/6 e 21/6 – Às 21h00 – Sala São Paulo
Milan Turkovic, regente
Vadim Repin, violino
Ingressos/Setores: R$160 (D); R$280 (C); R$400 (B); R$500 (A)

PROGRAMA
20 de junho
Nevit Kodalli (1924 - 2009)
TELLI TURNA SUITE
Jean Sibelius (1865 - 1957)
CONCERTO PARA VIOLINO E ORQUESTRA, D-MINOR, OP. 47
Antonín Dvorak (1841 - 1904) 
SINFONIA NR. 7, D-MINOR, OP. 70
___________________________________________________________________
21 de junho
Nevit Kodalli (1924 - 2009)
TELLI TURNA SUITE
Max Bruch (1839 - 1920)
CONCERTO PARA VIOLINO E ORQUESTRA NR. 1, G-MINOR, OP. 26
Antonín Dvorak (1841 – 1904)
SINFONIA NR. 8, G-MAJOR, OP. 88

Programação São Paulo

Pretty Yende, soprano & Javier Camarena, tenor
Angel Rodriguez, piano
8/8 e 9/8 – Às 21h00
Ingressos/Setores: R$ 210 (D); R$ 340 (C); R$ 480 (B); R$ 600 (A)

Patrocinadores
Mantenedores: EMS
Ouro: Bradesco, Banco Votorantim, Ernst & Young
Prata: Allied, Banco Safra, Monsanto, Pirelli
Colaborador: Clariant, HTB, L’Occitane, Estadão e Vale-Cultura
Realização: Mozarteum Brasileiro, Ministério da Cultura, Lei de Incentivo a Cultura, ProacSP, Governo do Estado de S.Paulo – Secretaria da Cultura

Programação em Trancoso
Canto em Trancoso – 3ª edição - Em parceria com a Chorakademie Lübeck
2/7 a 8/7
Rolf Beck, regente
Alunos solistas selecionados
Coro
8/7 - Concerto de encerramento às 18h30
Ingressos: R$ 30,00

Orquestra Sinfônica de Bucareste
3/11 e 4/11 - às 18h30
Benoit Fromanger, regente
Joanna Wós, soprano
Tadeusz Szlenkier, tenor  
Ingressos: R$ 200,00 (inteira)

4º Natal em Harmonia - Concerto Natalino (gratuito)
9/12 - às 14h30 (com distribuição de presentes para crianças)

Apoio: Groupe L’Occitane, Teatro L’Occitane, Vale+ Cultura
Realização: Mozarteum Brasileiro, Ministério da Cultura, Lei de Incentivo à Cultura


O Mozarteum
Fundado por Sabine Lovatelli e Claude Sanguszko, é uma das mais conceituadas associações culturais do país e tem como objetivo valorizar e difundir a cultura musical. Por meio da organização e promoção de espetáculos de música erudita e da manutenção de uma série de atividades educativas em São Paulo e Trancoso, sul da Bahia, fomenta a inclusão social e estende o acesso ao melhor da música para o maior número de pessoas. Desde 1981, início de suas atividades, vem atuando para cumprir dois grandes objetivos: trazer a excelência musical internacional para o público brasileiro e, ao mesmo tempo, incentivar o desenvolvimento pessoal e social por meio de várias iniciativas de cunho cultural e educativo. Traz ao Brasil algumas das maiores orquestras do mundo e abre espaço em sua programação para a apresentação de orquestras jovens e novos talentos brasileiros. Em sua trajetória, realizou mais de 1.500 concertos, que foram vistos por mais de dois milhões de espectadores, em salas de concertos e locais públicos. Mais de nove mil alunos passaram pelas masterclasses e 240 jovens talentos foram encaminhados às melhores instituições musicais nacionais e europeias, por meio de bolsas de estudos concedidas pela instituição.

Comentários