III SPHARPFESTIVAL- FESTIVAL INTERNACIONAL DE HARPAS NO CENTRO CULTURAL BANCO DO BRASIL.

Foto: Duo Mulheres em Harpa e Flauta

CCBB São Paulo realiza com entrada franca o III SPHarpFestival – Festival Internacional de Harpas

Músicos da Argentina, Brasil, Escócia e Paraguai
De 22 a 25 de junho, sexta a segunda, o Centro Cultural Banco do Brasil São Paulo apresenta o III SPHarpFestival – Festival Internacional de Harpas com vários números musicais durante o dia e um total de 12 apresentações de música popular, folclórica e erudita. Os eventos acontecem no teatro com entrada franca.

Serão vários tipos de harpas: clássica, koto (japonesa), paraguaia e céltica. Algumas são elétricas, outras acústicas.

Entre os destaques internacionais estão a soprano e instrumentista escocesa Zoe Vandermeer com repertório erudito. doisparaguaiosVivian Duré Prado que interpretará folclore latino-americano, música paraguaia e clássicos Lucas Zaracho que é proveniente de uma longínqua cidade do 12º departamento de Ñeembacú. O harpista tem trilhado o caminho da arte com o projeto "Sonidos de la Tierra". Há um argentinoDario Andino que se apresenta com o grupo Yassi que traz 13 músicos, sendo 8 harpistas. O repertório é de MPB. 

Com influência japonesa, o Trio Kagurazaka é formado por Shen Ribeiro que toca flauta shakuhachi, Tamie Kitahara que toca koto e shamisen, tradicionais instrumentos de cordas do Japão, e Gabriel Levy no acordeom. Tamie Kitahara é japonesa, migrou para o Brasil em 1955. Em 1987, Shen Ribeiro foi morar por vários anos no Japão, onde estudou shakuhachi, instrumento de sopro oriental que vai tocar na apresentação.
Uma novidade deste ano é o espetáculo O Retrato de Dorian Gray, inspirada na estética da Belle Époque, com canções consagradas do rock. Toca nesse número a harpista Tatiana Henna com participações de Cristina Harumi (apresentação e bongô), Doug Almeida (violão), Nayane Spigoti (teclado) e Paulo Keller (vocais).

”Celtic Brasil” é o mais recente espetáculo do harpista Nando Araujo, um desdobramento do projeto “Pelas Trilhas dos Celtas” unindo arte e reflexão filosófica, porém, em um novo formato. O harpista se apresenta Maestro José Gustavo Julião de Camargo na viola caipira, Willian Storti no acordeão e Sara Cesca na rabeca. Esses instrumentos dão o colorido às manifestações folclóricas brasileiras. O espetáculo apresenta sonoridades brasileiras e diálogos estético-musicais com as músicas tradicionais dos países que incorporam as nações pan-célticas (como a Irlanda e a Escócia). Este encontro entre a harpa céltica e os instrumentos utilizados em nosso folclore promove uma ambiência sonora singular. Com esta mesma proposta estética o repertório do espetáculo é composto de Beatles e músicas autorais do artista.
Duo Mulheres em Harpa e Flauta tem Norma Holtzer Rodrigues na harpa que é formada em piano pela Escola de Artes da Universidade Federal do Rio Grande do Sul e estudou harpa com Amalia Maresca em Montevideo no Uruguai. Ana Carolina Bueno é bacharel em flauta pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul.

A Burning Symphony traz harpas céltica e elétrica, violoncelo e bateria. No repertório muito rock, heavy metal, power metal e metal sinfônico.
Programação:
III SPHarpFestival – CCBB São Paulo:
Sexta, domingo e segunda: 13h, 15h e 18h
Sábado: 15h, 18h e 20h

Dia 22 de junho, sexta-feira
13h: Tatiana Henna, harpa, Douglas Neves (violão), Nayane Spigoti (teclado), Paulo Keller (vocais), Cristina Harumi (apresentação e bongô) - Brasil
15h: Zoe Vandermeer, harpa - Escócia
18h: Lucas Zaracho, harpa   - Paraguai

Dia 23 de junho – sábado
15h: Zoe Vandermeer - Escócia
18h: Burning Symphony - Brasil
20h: Vivian Duré Prado, harpa - Paraguai

Dia 24 de junho – domingo
13h: Grupo de Harpas Yassy: Dario Andino, harpa argentina - Argentina
15h: Nando Araujo (harpa céltica) / José Gustavo Julião de Camargo (viola caipira) / Willian Storti (acordeon) / Sara Cesca (Rabeca) - Brasil
18h: Vivian Duré Prado – Paraguai  - Participação especial: Lucas Zaracho, harpa – Paraguai

Dia 25 de junho – segunda-feira
13h: Duo Mulheres em Harpa e Flauta - Norma Holtzer Rodrigues (Harpa) e Ana Carolina Bueno (Flauta)
15h: Trio Kagurazaka - Shen Ribeiro (flauta shakuhachi), Tamie Kitahara (koto e shamisen e voz) e Emi Kitahara (koto) - música japonesa - Japão/Brasil
18h: Vivian Duré Prado, harpa – Paraguai

Serviço:

III SPHarpFestival – Festival Internacional de Harpas
Entrada gratuita, com retirada de senha a partir de 1 hora antes do início das apresentações.
22 a 25 de junho, sexta a segunda
Sexta, domingo e segunda: 13h, 15h e 18h
Sábado: 15h, 18h e 20h
Centro Cultural Banco do Brasil São Paulo
Rua Álvares Penteado, 112 – Centro. São Paulo -SP
(Acesso ao calçadão pela estação São Bento do Metrô)
(11) 3113-3651/3652 | Quarta a segunda, das 9h às 21h

Acesso e facilidades para pessoas com deficiência | Ar-condicionado | Cafeteria e Restaurante | Loja
Estacionamento conveniado: Estapar - Rua Santo Amaro, 272.
Traslado gratuito até o CCBB. No trajeto de volta, a van tem parada na estação República do Metrô.
Valor: R$ 15 pelo período de 5 horas.
É necessário validar o ticket na bilheteria do CCBB.

Comentários

Postar um comentário