ÓPERA "O CAVALEIRO DA ROSA" SERÁ APRESENTADA NO THEATRO MUNICIPAL DE SP EM JUNHO.


A segunda montagem lírica de 2018 no Theatro Municipal de São Paulo será uma nova produção de O Cavaleiro da Rosa, ópera de Richard Strauss, que terá direção cênica de Pablo Maritano. O elenco inclui a soprano Carla Filipicic Holm como A Marechala; o baixo Dirk Aleschus como o Barão Ochs; e a mezzo-soprano Luisa Francesconi no papel do jovem Octavian.
No libreto, o amor é mostrado em atitude nobre e altruísta. Octavian, de 17 anos, é o amante da bela e madura Marechala von Werdenberg, uma mulher de personalidade forte. Ao vê-lo apaixonado por uma menina da sua idade, Sophie, a Marechala desiste do seu romance.
Theatro Municipal de São Paulo – Sala de Espetáculos
Ópera: O Cavaleiro da Rosa, de Richard Strauss
Orquestra Sinfônica Municipal de São Paulo
Coral Paulistano
Solistas
Roberto Minczuk, regência
Pablo Maritano, direção cênica
Italo Grassi, cenografia
Fábio Namatame, figurinos
Caetano Vilela, iluminação
Naomi Munakata, regente titular do Coral Paulistano
Elenco
Marechala
Carla Filipcic Holm
Barão Ochs
Dirk Aleschus
Octavian
Luisa Francesconi
Sophie
Elena Gorshunova
Faninal
Rafael Thomas
Valzacchi
Paulo Queiroz
Annina
Magda Painno
Um Cantor
Fernando Portari
Marianne
Elisabete Almeida
Comissário de Polícia
Matheus França
Mordomo da Marechala
Miguel Geraldi
Mordomo de Faninal
Miguel Geraldi
Notário
Márcio Marangon
Estalajadeiro
Renato Tenreiro
Órfã 1
Gabriella Rossi
Órfã 2
Laiana Oliveira
Órfã 3
Elaine Martorano
Modista
Débora Faustino
Domador de Animais
Renato Tenreiro
Lacaios da Marechala
Alexandre Bialecki, Diógenes Gomes, Felipe Bertol, Vitor Mascarenhas
Garçons
Alexandre Bialecki, Diógenes Gomes, Andrey Mira, Vitor Mascarenhas
Leopold
Washington Lins
Duração: 4 horas, com dois intervalos
Indicação etária: 12 anos
15, 19, 21, 23 e 25 de junho, às 20h; e 17 de junho, às 18h
Theatro Municipal de São Paulo (Praça Ramos de Azevedo, s/n, Sé – São Paulo. Tel.: 11 3053-2090)

Ingressos: R$ 150 (setor 1), R$ 110 (setor 2) e R$ 40 (setor 3), com meia-entrada para aposentados, pessoas com mais de 60 anos, professores da rede pública e estudantes

Sugestão etária: 12 anos

Programação sujeita a alterações.
Após o terceiro sinal, a entrada só poderá ocorrer durante os intervalos e de acordo com a lotação da sala. Neste caso, não haverá garantia de assento previamente reservado ou direito a ressarcimento por não acomodação. 

Comentários