SÉRIE GRANDES SINFONIAS PELA ORQUESTRA EXPERIMENTAL DE REPERTÓRIO.


Apresentação acontece no Theatro Municipal de São Paulo em 9 de junho, às 16h30, e terá
participação do Coral Paulistano. 
A Orquestra Experimental de Repertório, sob a regência do maestro Jamil Maluf, realiza em junho o sexto concerto da série Grandes Sinfonias. No dia 9, às 16h30, a OER executa duas peças do compositor inglês Ralph Vaughan Williams.  A primeira obra, Sinfonia n° 3, conhecida como Sinfonia Pastoral, é caracterizada por movimentos lentos. “Esta é a primeira vez que será executada em São Paulo. É uma peça que o compositor dedicou aos mortos da 1ª Guerra Mundial, uma espécie de réquiem. Porém sua atmosfera é de paz, sem qualquer resquício de tristeza”, explica o maestro.
Ainda de acordo com Jamil Maluf, os momentos marcantes estão no segundo movimento da obra, no qual ocorre o solo de trompete. Williams chegou a servir o exército na 1ª Guerra Mundial e fez uma referência a um trompetista que ele ouviu tocar em uma zona rural francesa. “No final da Sinfonia, se ouve, à distância, uma voz de soprano que entoa uma bela melodia que encerra a obra na atmosfera de pacificação que a caracteriza”, afirma o maestro. A peça tem como solista a soprano Raquel Manoel.
Em seguida, juntamente com o Coral Paulistano, a Orquestra executa Cinco Canções Místicas. Além da participação do Coral, sob a regência de Naomi Munakata, o concerto recebe o barítono Leonardo Neiva. A peça foi escrita para barítono solista, orquestra e coro com base nos textos do padre britânico George Herbert, que era poeta e musicista. Além de Williams, os poemas de Herbert também foram musicados por Henry Purcell, John Blow e Benjamin Britten devido à musicalidade dos seus textos.
Vinte minutos antes do início do concerto, Jamil Maluf fala, na própria sala de espetáculos, sobre as obras que serão apresentadas. O Elixir do Amor Gratuito! No dia 16, às 17h, a camerata da Orquestra Experimental de Repertório e cantores do Opera Studio executam trechos da ópera O Elixir do Amor, de Gaetano Donizetti. Sob a regência do maestro Gabriel Rhein-Schirato, a apresentação acontece na Sala do Conservatório, no primeiro andar da Praça das Artes. Os ingressos são distribuídos com 1 hora de antecedência.
O Opera Studio é um programa da Fundação Theatro Municipal de São Paulo que prepara artisticamente jovens cantores líricos e promove o desenvolvimento de suas habilidades
musicais e cênicas, sempre estimulando a criatividade e o refinamento técnico.
Serviço:
Sáb 09, às 16h30
Theatro Municipal de São Paulo – Sala de Espetáculos
Série “Grandes Sinfonias VI”
Orquestra Experimental de Repertório
Jamil Maluf, regência
Leonardo Neiva, barítono
Raquel Manoel, soprano
Coral Paulistano, participação especial
Naomi Munakata, regente do Coral
Programa:
RALPH VAUGHAN WILLIAMS
Sinfonia n. 3, “Pastoral”
Cinco Canções Místicas
Ingressos:
Setor 1: R$ 20
Setor 2: R$ 15
Setor 3: R$ 10
Vendas na bilheteria do Theatro Municipal de São Paulo ou pelo site www.eventim.com.br.
Horário da bilheteria: De segunda a sexta-feira, das 10h às 19h, sábados e domingos, das
10h às 17h. Nos espetáculos à noite, a bilheteria permanece aberta até o início do evento;
em dias de espetáculos pela manhã, o espaço abre ao público duas horas antes do início da
apresentação. Apenas venda e retirada de ingressos para os eventos do Theatro Municipal
de São Paulo.
Theatro Municipal de São Paulo
Praça Ramos De Azevedo, s/n – Centro.
Sáb 16, às 17h
Praça das Artes – Sala do Conservatório
Capacidade: 200 lugares
Camerata da OER
Opera Studio
Gabriel Rhein-Schirato e Marcio Gomes, coordenação
Keila Bueno, produção cênica
Daniel Gonçalves, piano
Programa:
GAETANO DONIZETTI
Trechos da ópera O ELIXIR DO AMOR
*Gratuito – Ingressos distribuídos com 1 hora de antecedência
Praça das Artes – Sala do Conservatório – 1° andar
Av. São João, 281 – Centro, São Paulo

Programação sujeita à alterações.

Comentários